|
Por Lígia Barleta Fashion Content

Relatório LFW: as trends que vão bombar na próxima estação!

A semana de moda de Londres Verão 18 teve início no dia 15 de Setembro, mesma data do atentado terrorista ocorrido no metrô. Por esse motivo, inicialmente, cogitou-se fazer algumas alterações no line-up para resguardar a segurança dos convidados, porém, não houve necessidade disso. Com o encerramento e a  revisão dos desfiles e exposições, no dia de ontem, podemos garantir que deu tudo certo. Assim, confira a baixo os grandes acontecimentos da LFW, os melhores defiles, e as principais trends!

ESTREIA EM GRANDE ESTILO

Destacam-se duas alterações do line-up desta tempora, sendo uma inserção e uma baixa. A primeira fica por conta da marca Tommy Hilfiger, que trocou a NYFW pela passarela londrina e encerrou o calendário de desfiles em grande estilo. Já a segunda, a típica marca britânica Mulberry, infelizmente, pulou esta temporada, alegando estar reestruturando a marca.

 

 

DRESSCODE: NÃO USAR PELES

O British Fashion Council enviou um e-mail aos visitantes da semana de moda londrina sugerindo que não usassem peles de animais, nem mesmo fake. Pois foram informados que haveria protestos contra o uso de peles durante a semana e, com isso, estariam resguardando seus convidados de qualquer constrangimento ou mesmo risco de agressão. 

PROTESTOS

Assim como previsto, os protestos ocorreram. Foi na Clerkenwell, onde aconteceu o desfile da Burberry, que um grupo de ativistas se reuniu para protestar contra o uso de pele animal. Eles carregavam placas com as frases "Vergonha da London Fashion Week" e "Pêlo está fora de moda". A polícia de Londres e alguns seguranças fizeram uma corrente humana para permitir que os convidados entrassem no desfile. Apesar dos protestos, o desfile da marca foi megafashion, olha só:

CAFÉ PARA TODOS!

A semana de moda londrina costuma ser agitada, com desfiles seguidos e em locações variadas, exposições, jantares, festas e muito mais! Para acompanhar tudo é preciso energia. Por isso, frequentemente se notava, tanto dos que trabalhavam para que os desfiles acontecessem, quanto das celebridades, um copo de café na mão. Nas fotos de street style isso ficou evidente!

 

 

DESFILE-FESTA

O desfile de Molly Goddard prometia descontração total, já pelo convite, que dizia: “Meu médico me avisou para ficar de olho no quanto estou bebendo. Depois disso, bebo em frente ao espelho”. E assim foi a apresentação, onde as modelos desfilavam sorrindo como se estivessem circulando em uma festa, com taças de champagne na mão e até mesmo um cigarro. A coleção seguiu o mesmo mood festivo, pelo qual Molly é conhecido: com vestidos de tule e muitas sobreposições. Para esta temporada, ele criou modelos mais enxutos, sem perder sua identidade.

 

 

RALPH & RUSSO READY-TO-WEAR

Ralph & Russo, que dominam a alta-costura desde 2014, pela primeira vez apresentaram uma coleção ready-to-wear, arrasando como sempre. Para esta coleção de estreia, Tamara Ralph e Michael Russo revisitaram algumas de suas peças ícone, levando o refinado trabalho da label para o dia a dia. 

 

 

MODA E ARTE

O cenário do desfile da Shrimps contou com as obras da artista Faye Wei Wei, que são repletas de simbologia e despontam no mundo artístico. Seus trabalhos não só compunham o cenário e a ambientação, mas também serviram de inspiração para a construção da coleção, que segue um mood artsty total.

 

 

BABADOS E SPORT WEAR

A principal tendência desta semana de moda foi o mix de babados com peças sport wear. A trend apareceu em desfiles como Fyodor Golan, Shrimps e Ralph & Russo. O babado perde sua característica romântica e passa a ser associado ao mood sporty, com características mais leves e fluidas.